Caminhando na Estrada Cultural

sábado, 9 de janeiro de 2016

Nana Caymmi - Só Louco

Keith Jarrett The Art of Improvisation

Elymar Santos no Manhattan dias 22, 23 e 24 de Janeiro 2016

Benjamim Taubkin e Ivan Vilela

Benjamim Taubkin e Ivan Vilela
Instrumental SESC Brasil | dia 11/01 às 19h
SESC Consolação | Teatro Anchieta
Rua Dr. Vila Nova, 245
Entrada gratuita 
(ingressos retirados na bilheteria com 1h de antecedência)
 

MAMM - Musicamamm - Andreia Lira

Informações:

Semana Fundação Cultural Badesc de 11 a 15 de janeiro de 2016

Exposição
Em todos os espaços da casa
IMPOSSIBILIAS: ARQUIVO E MEMÓRIA EM PAULO GAIAD
Visitação até  21 de janeiro de 2016, de segunda a sexta-feira, das 12h às 19h.
Paulo Gaiad (1953, Piracicaba, São Paulo/ vive e trabalha em Florianópolis) é um artista que utiliza diversos materiais e procedimentos, combinando constantemente os registros do visual e do dizível, a partir do lance biográfico. Em seus objetos, desenhos, colagens e pinturas incidem rasuras e avarias, ajustes e camadas, disfarces e revelações. O conjunto de sua obra se caracteriza por um fluxo onde a imagem e a linguagem se rebatem por meio de certas lembranças e apagamentos que acabam por explicitar diferentes gradações de sua subjetividade. Os trabalhos apresentados nesta exposição compreendem diferentes momentos e  vão desde o início da carreira do artista nos anos 80, até trabalhos mais recentes. Não há aqui séries completas, mas casos exemplares, onde é possível observar três temas reincidentes: carne (materialidade corporal), passagem (reflexão plástica sobre espaço, lugares, paisagens, viagens), cifra (pequenos segredos biográficos colhidos de diferentes universos e contingências). Importante destacar que muitas vezes estes temas estão embaralhados, disfarçados ou simplesmente recombinados. O fio que liga todos os blocos, impossibilia, é uma figura de linguagem em que são articuladas duas proposições incompatíveis ou contraditórias, fazendo com que o insuspeito, o improvável e o inesperado se encontrem e produzam uma abertura para infinitas combinações.
 
Edital
Fundação lança edital 2016
Estão abertas as inscrições para o edital de exposições do Espaço Fernando Beck e do Espaço 2, que vão selecionar 8 projetos para 2016. O regulamento pode ser obtido emwww.fundacaoculturalbadesc.com ou retirado na Casa.
 

Mostra John Waters
Em Janeiro, o Cineclube da Fundação Cultural Badesc apresenta três mostras temáticas em sua programação. A Mostra John Waters comemora os 70 anos que o mestre do cinema trash estadunidense completará em 2016. Com filmes das décadas de 70, 80, 90 e 2000, a seleção abrange desde seu cinema marginal até suas realizações em Hollywood. A Mostra Cine Alemão Anos 2000, com diretores já reconhecidos, mas também realizadores iniciantes, traz uma variedade de temas e formatos, evidenciando a pluralidade da produção audiovisual deste país. A Mostra Orson Welles, em parceria com o SESC, apresenta filmes do renomado diretor que, além de inovar a linguagem cinematográfica, contribuiu também para o teatro, rádio e televisão.  Com uma seleção de alguns de seus filmes premiados, as exibições encerram com seu maior clássico, Cidadão Kane. O Cineclube também apresenta o lançamento do DVD GUERRA.DOC, da jornalista Vanessa Pedro. No projeto, entrevistas com correspondentes de guerra suscitam a reflexão sobre a cobertura jornalística de conflitos e a influência da experiência de guerra sobre os jornalistas. Além disso, o Amistoso do ShortCup Film Festival, traz uma prévia do festival internacional de curtas-metragens, no qual o público elege aqueles que mais gostou. A edição de 2016 acontecerá simultaneamente em 5 cidades: Florianópolis, São Paulo, Bogotá, Medelim e Montevidéu.
  
Cineclube
 
Dia 11, segunda-feira, 19h, Mostra Cine Alemão Anos 2000
Soul Boy
de Hawa Essuman e Tom Tykwer. Alemanha, Kenya. 2010. 61min. Drama. Sem classificação. Com Samson Odhiambo, Leila Dayan Opou e Krysteen Savane.
Abila mora em uma das mais precárias favelas na África. Sua namorada, Shiku, pertence a outra tribo, portanto, sua relação é proibida. Em uma noite, alcoolizado, seu pai aposta sua alma.
 
Dia 12, terça-feira, 19h, Mostra John Waters
Female Trouble
de John Waters. EUA. 1974. 89min. Comédia, Crime. Sem classificação. Com Divine, David Lochary e Mary Vivian Pearce.
Uma colegial mimada foge de casa após não ganhar os sapatos que queria de Natal, engravida e acaba se tornando uma modelo para um casal de esteticistas que gostam de fotografar mulheres cometendo crimes. Convidada: Carla Abraão, professora do curso de Cinema na Universidade Federal de Santa Catarina.
 
Dia 13, quarta-feira, 19h, ART 7
Tampopo - Os brutos também comem spaghetti
(Tampopo) de Jûzo Itami. Japão. 1985. 114min. Comédia. Com Ken Watanabe, Tsutomu Yamazaki e Nobuko Miyamoto. Tema: Arte à Mesa.
Uma viúva, um forasteiro e alguns amigos se juntam para reerguer um restaurante. Os prazeres da gastronomia e seus rituais são pontuados com humor.
  
Dia 14, quinta-feira, 19h, Cine Francês Aliança Francesa
Seraphine
(Séraphine) de Martin Provost. França, Alemanha, Bélgica. 2008. 125min. Drama. Livre. Com Francoise Lebrun e Yolande Moreau.
Filme conta a história de vida da pintora francesa, Séraphine de Senlis, que, apesar de ter crescido na pobreza, aprendeu sozinha a arte da pintura. Descoberta por um colecionador, Séraphine tem seu talento reconhecido, mas é prejudicada pela Grande Depressão e suas condições de saúde.
 
Dia 15, sexta-feira, 19h, Mostra Orson Welles CineSESC
O processo
(Le procès) de Orson Welles. França, Alemanha, Itália. 1962. 119min. Suspense. Sem classificação. Com Anthony Perkins, Arnoldo Foà e Jess Hahn.
Joseph K. é um homem reservado, que vive na pensão da senhora Grubach e se dá bem com todos os demais moradores do local. Um dia ele é acordado por um inspetor de polícia, que lhe informa que está preso mas não o leva sob custódia.

Verão Teatral no Midrash

Informações:

Carlos Navas mostra Chico e Vinicius para crianças

Informações:
Local: CEU Vila Atlântica – Rua Coronel José Venâncio Dias, 840
Jaraguá – São Paulo – Fone: 3901-8746
Entrada Franca